Header Ads

Últimas Notícias
recent

Policia divulga detalhes de operação que prendeu ex-jogador do Treze

  

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (Roubos e Furtos) de Campina Grande, realizou nas primeiras horas desta sexta feira (26) a ‘Operação Extremus’, que teve como objetivo prender integrantes de um grupo criminoso responsável pelas práticas dos crimes de tráfico de drogas, roubos e tentativas de explosões a uma agência dos Correios do município de Areial e uma cooperativa de crédito em Campina Grande. Durante a ação, que contou com apoio de policiais civis do estado de São Paulo, foram cumpridos 10 mandados de prisões temporárias expedidos pela 1ª Vara Criminal de Campina.

Nove mandados judiciais foram cumpridos em Campina Grande. Sete dos investigados pela ‘Operação Extremus’ já estavam detidos em presídios da cidade; Clodoaldo Costa Barbosa e Ataliba Arruda Filho foram presos nos bairro Santo Antônio e Palmeira. Já no estado de São Paulo a polícia cumpriu o mandado de prisão contra o ex-jogador do time do Treze, Fabiano Nogueira de Lourenço, 30 anos, conhecido como ‘Fabiano Buchecha’, que foi preso enquanto treinava no clube de futebol Portuguesa. O atleta é suspeito de atuar como ‘olheiro’ do grupo na ação criminosa contra uma cooperativa de crédito em Campina. Ele teria levantado como funcionava e como era a segurança do local.

“Começamos a investigar os suspeitos há cinco meses. O trabalho teve início quando houve uma tentativa de explosão à agência dos Correios do município de Areial. O crime foi frustrado pelas policias Federal e Militar que prenderam suspeitos daquela ação criminosa. Nas nossas investigações conseguimos identificar outros membros da quadrilha, inclusive o jogador Fabiano Buchecha que atuou no Treze este ano e que hoje está morando em São Paulo. Com a prisão dessas pessoas hoje, esperamos aprofundar os nossos levantamentos e identificar outros envolvidos”, disse o delegado de Crimes Contra o Patrimônio, Cristiano Santana, responsável pelas investigações.

Durante as buscas realizadas nas casas dos dois suspeitos presos em Campina Grande, os policiais civis apreenderam coletes a prova de balas, balança de precisão, arma de fogo, munições com calibres de uso restrito da policia, computadores usados para monitorar circuitos de câmeras de segurança e também fardas de uma empresa de vigilância patrimonial e escolta armada. Clodoaldo Costa Barbosa e Ataliba Arruda Filho, que foram presos em Campina Grande, estão recolhidos na carceragem da Central de Polícia no bairro do Catolé aguardando pela audiência de custódia.

Já o ex-jogador do Treze, Fabiano Buchecha, permanece preso no Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) de São Paulo aguardando que a Justiça libere a transferência para Campina Grande. O delegado Cristiano Santana já encaminhou as perguntas que devem ser feitas ao suspeito. A autoridade policial espera que a transferência do ex-jogador do Treze para a Paraíba ocorra o mais breve possível para que ele fique à disposição da Comarca de Campina Grande.


Tecnologia do Blogger.