Header Ads

Últimas Notícias
recent

Sentença de Moro não torna Lula inelegível; entenda

  

Presidente precisa ser condenado em 2ª instância    


O ex-presidente Lula foi condenado nesta quarta-feira (12) a 9 anos e meio de prisão pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, no caso do tríplex. Essa condenação, no entanto, não representa a inelegibilidade do petista em uma eventual candidatura no ano que vem.
Segundo a Lei da Ficha-Limpa, uma pessoa só estará impedida de concorrer às eleições se for condenada por um órgão colegiado. No caso de Lula, a segunda instância que precisa o condenar para que o mesmo se torne inelegível é o Tribunal Regional Federal da 4ª região.
O ex-presidente só será preso, também, se a condenação for mantida pelo TRF-4, com mais de 8 anos de prisão. Menos do que isso, a pena poderá ser convertida.
Não existe uma previsão do julgamento na segunda instância.
Tecnologia do Blogger.